Você sabe as diferenças entre os óleos de motor?

Apesar de parecer fácil, esse é um assunto muito importante e relevante para a saúde do seu veículo.


Diferenças entre os óleos do motor. | Foto: AdobeStock

Existem três tipos de óleo: o sintético, o semi-sintético e o mineral e, afinal, você sabe qual é o correto e o indicado para o seu carro? Essas informações estão contidas no manual do seu veículo e são de grande importância para o bom funcionamento do mesmo. Por isso, fique atento e não utilize outro tipo de óleo apenas porque foi indicado por outra pessoa.


Saber o óleo correto para o motor do seu veículo é essencial para manter as peças bem lubrificadas e evitar danos às mesmas. Além disso, se existem tipos de óleos diferentes, isso quer dizer que eles têm funções específicas para cada carro, o que deve ser levado em conta é o ano, o uso que você faz do automóvel e algumas singularidades do motor. Por isso, vamos explicar um pouco sobre a diferença de cada óleo:


  • Óleo sintético: esse tipo de óleo é criado completamente em laboratório, por isso o seu nome. Sua característica principal é resistir a maiores quilometragens do que os outros tipos, desse modo, é mais indicado para veículos que costumam percorrer grandes distâncias e carros mais novos. Além disso, ele dura mais tempo do que os outros, pois a sua troca deve ser feita entre 15 e 20 mil quilômetros rodados. Porém, ele não é indicado para todos os veículos, por isso, atente-se ao manual do seu automóvel antes de fazer a troca de óleo.


  • Óleo mineral: esse óleo é um derivado do petróleo que passa por um leve tratamento depois que é retirado. A sua produção é mais simples, por isso não tem um grande gasto, assim, esse óleo é mais barato. No entanto, ele também dura menos, uma vez que a sua troca deve ser feita a cada 5 mil quilômetros rodados. Ele é indicado para veículos mais antigos, uma vez que esses carros já têm que fazer a troca de óleo com maior frequência. Ademais, ele também não tem a mesma capacidade para fazer a limpeza de borra que nem os outros óleos, porém, se a troca de filtro for feito com regularidade, isso não é um problema, pois as impurezas não vão se acumular.


  • Óleo semi-sintético: esse óleo é uma mistura entre o óleo sintético e o mineral, assim, ele fica no meio entre os dois. Ele é indicado para motores que são lubrificados de uma forma melhor com o óleo mineral, mas que precisam do sintético para fazer a limpeza da borra. Esse óleo é usado, normalmente, em caminhonetes que têm motores mais fortes e potentes e trabalham de uma forma melhor com a viscosidade do óleo natural, mas precisam do sintético para a limpeza da borra.


Apesar de todas as dicas, o ideal e indicado é conferir e seguir o manual do seu veículo, para evitar a má lubrificação e problemas nas peças. Se o seu carro é antigo e você não tem mais esse manual, contate seu mecânico e retire as suas dúvidas antes de escolher o óleo. O uso do lubrificante correto é de suma importância para o bom funcionamento do seu carro e evita danos e prejuízos maiores.



#TiposDeÓleo #ÓleoMotor #Carro #Caminhão #AutoPeçasVieira

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo