Seu veículo superaquece com frequência? Pode haver problemas no sensor de temperatura!


Sensor de temperatura: saiba a importância. | Foto: AdobeStock

Um dos problemas mais sérios que podem acontecer com o carro é o superaquecimento do motor, que além de danificar várias peças em cadeia, pode colocar a vida do motorista em risco. Por isso, o sistema de arrefecimento do veículo é tão importante, uma vez que é ele que mantém as temperaturas corretas para o funcionamento do automóvel.


Uma das peças mais importantes desse sistema é o sensor de temperatura. Sua principal função é medir a temperatura tanto do motor do carro quanto do líquido de arrefecimento. Quando a temperatura ainda está baixa, ele envia sinais para a parte eletrônica, assim mais combustível é colocado e, quando a temperatura está ficando alta, ele envia sinais para o líquido de arrefecimento começar a circular.


Se essa peça apresentar algum problema, a medição de temperatura ficará comprometida, o que pode causar o superaquecimento ou até mesmo o motor fundido. Além disso, se o sistema de arrefecimento geral estiver danificado, o atrito entre as peças será maior, o que vai causar o seu desgaste e aumentar a temperatura do motor.


Alguns sinais que esse sistema está com problemas são: o aumento de consumo de combustível, aumento de gases poluentes na natureza e evaporação muito rápida do líquido responsável por resfriar o sistema. Por isso, é importante ficar atento a esses avisos, a manutenção desta peça pode ser feita a cada 30 mil quilômetros rodados.


No entanto, essa peça não precisa ser trocada periodicamente. Normalmente, ela tem a mesma vida útil do motor do carro. Se o seu carro superaquecer e o sensor estiver com defeitos, você não vai saber, por isso manter esse componente em bom estado é importante para evitar maiores danos e prejuízos.




#SensorDeTemperatura #SistemaDeArrefecimento #Carro #Caminhão #AutoPeçasVieira

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo